ALLIAGE INVESTE EM NOVA FÁBRICA COM FOCO NA ÁREA MÉDICA

fabrica alliage

ALLIAGE INVESTE EM NOVA FÁBRICA COM FOCO NA ÁREA MÉDICA

Com investimentos da ordem de R$ 10 milhões, a Alliage inaugurou oficialmen­te no dia 30 de janeiro seu novo  parque fabril, em Ribeirão Pre­to, com área de 25 mil metros qua­drados às margens da Rodovia Abrão Assed.

Segundo o presidente Luiz Roberto Kaysel Cruz, mais de R$ 10 milhões foram investidos na modernização deste novo par­que fabril. “Prevemos outras melhorias em 2018, sempre com foco em uma produção com qualidade e tecnologia de ponta para atender às de­mandas de nossos clientes e continuar com nossa trajetória de competitividade em todo o mundo, provendo, ainda, con­forto à nossa equipe que faz tudo isso acontecer”, explica. Dentro dessas metas, a área do diagnóstico por imagem receberá especial atenção.

Esse é um dos setores que mais cresce na Alliage, a área médica, e vem se destacando dentro da holding com a linha de ultrassom para diagnóstico por imagem. “Em 2017 o crescimento das vendas de equipamentos de ultrassom colocou a Alliage entre os principais players do Brasil”, relatou Thiago Almeida, gerente de produtos da área médica. “Nosso trabalho está sempre focado em oferecer ao cliente a melhor solução, e por isso a pesquisa científica apresenta novas frentes e um produto cada vez mais robusto, que fez a linha de equipamentos de ultrassom ter o seu reconhecimento pela equipe médica em 2017 e neste ano, teremos novidades. A evolução não para.”, afirma.

Com expressiva participação no mercado brasileiro e internacional, a Alliage é a segunda maior fabricante de cadeiras odonto­lógicas no mundo, e somente no Brasil são mais de 150 mil consultórios em funcionamento.A expansão foi totalmente desenhada e concebida para su­prir os desafios da Alliage, empresa especializada na área da saúde, com produtos e equipamentos para Odontologia, resultante da fusão das empresas Dabi Atlante e Gnatus. A holding é responsável por um terço das exportações nacionais e está presente em 150 países.

Projeto Arquitetônico

A direção optou pela tendência mundial das gran­des organizações e priorizou o “open space”, que garante maior interação entre os colaboradores. A expansão contemplou  no setor administrativo conceitos de sustentabilidade como ilumina­ção natural, arborização do bou­levard e jardins internos.

Na área fabril, a Alliage uti­lizou os conceitos mais moder­nos seguindo as premissas da Indústria 4.0, que contará com a automação de processos fabris; Internet das Coisas (IoT) e Robótica, que ajudarão na minimização de erros, no não desperdício de recursos e com foco na produ­tividade, mudanças essas que influenciam no processo de to­mada de decisões e que, dentre outras vantagens, irão refletir na qualidade da cadeia de pro­dução e na entrega do produto ao consumidor final, com rapi­dez e agilidade.

De acordo com Luiz Roberto Kaysel Cruz, 5% do fatura­mento da Alliage é investido em Pesquisa e Desenvolvimen­to. “Somente na área de Inova­ção, contamos com mais de 60 profissionais trabalhando em projetos que garantem o apri­moramento constante de nossos produtos”, complementa Cruz.

fabrica alliage